editor

Prefeito acompanha atividades do Programa Aprendendo com Saúde na EMEI Bertha Lutz

Decrease Font Size Increase Font Size Text Size Print This Page

O prefeito Gilberto Kassab acompanhou as atividades do Programa Aprendendo com Saúde na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Bertha Lutz, na Brasilândia. Na unidade, crianças de 4 e 5 anos  foram atendidas nesta tarde por pediatras e dentistas, além de participarem de atividades educativas sobre  os  cuidados com a saúde.

O prefeito de São Paulo acompanhou nesta sexta-feira (9/3) as atividades do Programa Aprendendo com Saúde na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Bertha Lutz, na Brasilândia, Zona Norte. Na unidade, crianças de 4 e 5 anos  foram atendidas nesta tarde por pediatras, dentistas, fonoaudiólogos e psicólogos, além de participarem de atividades educativas sobre  os  cuidados com a saúde.

 

 

“O Programa dá aos alunos a oportunidade de aprender com saúde, oferecendo um tratamento preventivo, que envolve inclusive as famílias. É oferecido um acompanhamento muito importante na área da pediatria”, afirmou o prefeito.

 

O Programa Aprendendo com Saúde foi implantado na  rede  municipal de  ensino de São Paulo há  cinco anos. Entre 2007 e 2011, foram 493.249 atendimentos com pediatras e 389.765 com dentistas, em 2.588 visitas a unidades escolares. Em 2012, as atividades iniciaram-se em 13 de fevereiro, com sete equipes de pediatria e onze de odontologia.

 

 

“Estou muito feliz com o que eu vi nesta EMEI, com o esforço e o trabalho dos profissionais. O acompanhamento da saúde destas crianças é o primeiro passo para termos uma geração de pessoas mais saudáveis”, avaliou o  ministro da Saúde ,  Alexandre Padilha. A visita desta sexta-feira ocorre durante a Semana de Mobilização Saúde na Escola, promovida pelo governo federal.

 

Na Rede Municipal de São Paulo, os estudantes são acompanhados por equipes compostas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e dentistas. “É uma parceria entre as Secretarias Municipais de Saúde e de Educação. Equipes de saúde vão até as nossas escolas e fazem o atendimento básico”, explicou o secretário municipal de Educação.

 

Uma semana antes da visita da equipe, as escolas encaminham aos pais ou responsáveis um formulário para autorização da participação do estudante no programa. Nas unidades, são adaptadas salas de aula, que recebem os equipamentos necessários para as atividades, como balança, cama para exame e cadeira para consulta odontológica. Os profissionais avaliam entre 125 e 150 alunos por dia, até  atender todos os alunos.

 

 

Nas visitas podem ser detectados casos como obesidade, deficiências visuais ou auditivas, problemas bucais, de desenvolvimento ou de nutrição. “O programa resgata a ligação das crianças com a prevenção de saúde. Dá também uma assistência mais rápida para aquelas que precisam, nas unidades de saúde da região”, destacou o secretário municipal de Saúde.

 

Quando necessário, os alunos são orientados a passar por atendimentos especializados, exames e intervenções em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS). Entre 2007 e 2011 foram 212.775 encaminhamentos. Todos os estudantes avaliados pelo programa são inseridos no SUS e recebem uma carteirinha contendo seus dados pessoais e histórico médico.

 

crédito da foto – Fernando Pereira/Secom

 

Print Friendly

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *