Educação

 editor

Porcos têm alto QI!

Porcos têm alto  QI!

Porcos sonham, atendem pelos nomes e aprendem diversos truques, entre eles, sentar e rolar.

Print Friendly
 editor

Anticoncepcional masculino vira realidade

Anticoncepcional   masculino vira realidade

Pesquisadores da Universidade Estadual de Washington nos Estados unidos avisam que a versão masculina da pílula anticoncepcional está saindo do forno.

Pela primeira na história, um seguro, eficaz e eficente contraceptivo masculino estará nas prateleiras de supermercados e farmácias em todo mundo.

Os homens terão a opção da pílula diária, do creme para ser aplicado na pele, da injeção mensal ou de um dispositivo subcutâneo que tem a validade de 12 meses.

Print Friendly
 editor

4º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade tem categoria para Entidade Empresarial

4º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade tem categoria para Entidade Empresarial

São Paulo, 29 de julho de 2013 – Cada vez mais a sustentabilidade e a responsabilidade corporativa estão entre os temas em debate em todos os setores. Por isso, entidades empresariais têm a oportunidade de mostrar iniciativas inovadoras que minimizem impactos econômicos, sociais e ambientais no 4º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC). As inscrições para a premiação estão abertas e podem ser realizadas até 20 de janeiro de 2014 pelo site: www.fecomercio.com.br/sustentabilidade.

Print Friendly
 editor

Especialistas em segurança e representante do legislativo participam do Congresso de Crimes Eletrônicos

Especialistas em segurança e representante do legislativo participam do Congresso de Crimes Eletrônicos

São Paulo, 29 de julho de 2013 – Durante os dias 12 e 13 de agosto, o V Congresso de Crimes Eletrônicos e Formas de Proteção, promovido pelo Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), discutirá os temas mais atualizados em políticas de uso e segurança da internet, em mais de 15 painéis diferentes. Entre os palestrantes está o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), autor da Lei de Crimes Eletrônicos; o jornalista Altieres Rohr, do site Linha Defensiva; e o perito forense Fernando de Pinho Barreira.

Print Friendly
 editor

Até 2014, Brasil deve ter 60 mil escolas públicas com aulas em período integral

Até 2014, Brasil deve ter 60 mil escolas públicas com aulas em período integral

Brasília – Mais de 49,3 mil escolas públicas em todo o país têm atividades em período integral. A expectativa é que até o ano que vem sejam 60 mil. No turno complementar, além de acompanhamento pedagógico obrigatório com aulas de reforço escolar em matemática, português, ciências e uma língua estrangeira, os alunos podem praticar esportes e participar de atividades culturais, que ajudam a melhorar a disciplina e a concentração

Print Friendly
 editor

Apropriação da água para fins privados provocou 115 conflitos em 2012 no Brasil

Apropriação da água para fins privados provocou 115 conflitos em 2012 no Brasil

São Paulo – Em 2012, o Brasil registrou 115 conflitos por água em 19 estados, que envolveram ocupações, manifestações, disputas por mananciais e contaminação de rios e nascentes. Ao todo, 184.925 pessoas foram afetadas, de acordo com dados preliminares do relatório Conflitos no Campo Brasil, quer será publicado na íntegra pela Comissão Pastoral da Terra no próximo dia 22.

Print Friendly
 editor

Com ida a Roma para a coroação do papa, Dilma cancela viagem a Salvador

Com ida a Roma para a coroação do papa, Dilma cancela viagem a Salvador

Brasília – Com a viagem a Roma para participar da cerimônia de coroação do papa Francisco na próxima terça-feira (19), a presidenta Dilma Rousseff cancelou a viagem que faria a Salvador, na segunda-feira (18), para a inauguração da Arena Fonte Nova, que sediará jogos da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014.

Print Friendly
 editor

Investigação da Controladoria sobre propina leva à prisão de dois servidores

Investigação da Controladoria sobre propina leva à prisão de dois servidores

Prefeito elogiou hoje a atuação da nova Controladoria Geral do Município, que recebeu e investigou a denúncia de um empresário e acionou a Policia Civil para uma operação conjunta que culminou na prisão em flagrante de dois servidores

Informado do resultado da ação conjunta entre a Controladoria Geral do Município e a Polícia Civil nesta manhã (15), o prefeito Fernando Haddad reafirmou que o compromisso da administração em inibir e investigar delitos envolvendo servidores municipais. A Prefeitura comunicou hoje a prisão em flagrante de dois servidores da Subprefeitura de Santo Amaro por recebimento de propina. Veja abaixo a Nota à Imprensa com explicação do caso. “O secretário está aqui justamente para dar segurança de que iremos inibir a ação delituosa de qualquer servidor, independente dos seus vínculos pessoais e profissionais. Nós não temos compromisso com outra coisa que não seja a lisura dos processos administrativos”, afirmou Haddad em coletiva de imprensa. “O correto é qualquer cidadão que se sinta prejudicado faça chegar ao conhecimento da administração o que está acontecendo”, completou.

Print Friendly
 editor

Estudo da Fiesp analisa melhores taxas de juros do mercado brasileiro

Estudo da Fiesp analisa melhores taxas de juros do mercado brasileiro

Documento busca facilitar opções dos empresários e da sociedade na hora de fechar negócios

Emilse Bentson, Agência Indusnet Fiesp

A Fiesp, por meio de seu Departamento de Economia (Depecon), elabora estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil.

A proposta dessa análise é auxiliar os industriais e a sociedade em geral a negociar as melhores condições para suas operações de crédito. Além disso, vai ao encontro dos esforços da entidade na busca pela redução do custo do dinheiro.

Atualizado semanalmente, o Custo de Crédito do Brasil toma como base os dados do Banco Central sobre financiamento de capital de giro.

Print Friendly
 editor

Prefeitura de São Paulo regulamenta Lei de Acesso à Informação

Prefeitura de São Paulo regulamenta Lei de Acesso à Informação

Prefeitura de São Paulo regulamenta Lei de Acesso à Informação

A Lei de Acesso à Informação determina que os órgãos, entidades municipais e as entidades privadas sem fins lucrativos que recebam recursos do Município, disponibilizem informações sobre sua estrutura, organização e dados gerais em páginas na Internet, em seção específica.

A cidade de São Paulo foi pioneira nas ações de transparência do setor público. Para assegurar ao cidadão o direito de acesso à informação e o acompanhamento de processos administrativos, de forma transparente, clara e em linguagem de fácil compreensão, a Prefeitura publicou nesta quinta-feira (13/12) a regulamentação no âmbito municipal da Lei Federal nº 12.527, sobre o assunto.

Os órgãos e entidades municipais e as entidades privadas sem fins lucrativos que recebam recursos do Município para a realização de atividades de interesse público deverão adotar procedimentos para garantir o direito de acesso à informação previsto na lei federal.

As informações deverão ser publicadas em páginas na Internet, em seção específica para a divulgação das informações, tais como: estrutura organizacional, principais cargos e seus ocupantes, endereço e telefones das unidades, horário de atendimento ao público; dados gerais para acompanhamento de programas, ações, projetos e obras; perguntas e respostas mais frequentes; resultados de inspeções, auditorias, prestações de contas realizadas pelos órgãos de controle interno e contatos da autoridade de monitoramento.

Todas as secretarias, subprefeituras, autarquias, fundações e empresas públicas, sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pelo Município vão dispor de pelo menos uma unidade física para atendimento ao público, com a finalidade de abrigar o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC).

O SIC terá como objetivo atender, informar e orientar o público quanto ao acesso à informação e também vai receber e registrar pedidos de acesso à informação. Em locais onde não houver a possibilidade de instalação de um SIC, o órgão deverá, no mínimo, oferecer serviço de recebimento e registro dos pedidos da população.

A solicitação de informação deverá ser feita, exclusivamente, em formulário padronizado, através do Portal da Transparência, ou pessoalmente nos SICs. Vale informar que não serão aceitos pedidos formulados por qualquer outro meio, tais como contato telefônico, fac-símile, correspondência eletrônica ou física.

Os pedidos poderão ser feitos por qualquer pessoa (natural ou jurídica), devidamente identificada, que especifique, de forma clara e precisa, o assunto desejado, além de informar o endereço físico ou eletrônico para o recebimento dos dados solicitados. Os dados serão disponibilizados da mesma forma que se encontrarem arquivados ou registrados no órgão ou entidade municipal. Não serão exigidos motivos nos pedidos de acesso à informação de interesse público. No caso de interesse pessoal, ou se sua divulgação puder, de algum modo, causar dano a outrem, a solicitação deverá ser motivada, a fim de que possa ser aferido pelo órgão ou entidade.

Se a informação solicitada estiver disponível, o acesso será imediato. Caso os dados não possam ser disponibilizados imediatamente, o prazo para o fornecimento da informação será de 20 dias, podendo ser prorrogado por mais 10 dias. Se a informação não for de competência do órgão que recebeu a solicitação, este deverá comunicar ao requerente que não possui os dados ou indicar, caso tenha conhecimento, o órgão ou entidade responsável pela informação.

O decreto também regulamenta a classificação de documentos passíveis de restrição de acesso, nos níveis ultrassecreto, secreto e reservado. O caráter de sigiloso será excepcional, conforme previsto na lei federal, devendo ser regra geral o acesso irrestrito. Os órgãos ou entidades deverão publicar anualmente em seus sítios, no Portal da Transparência, a relação de documentos que tenham sido desclassificados nos últimos 12 meses, bem como a relação de documentos classificados em cada grau de sigilo.

As informações consideradas sigilosas, tais como assuntos secretos do Estado, temas que possam colocar em risco a segurança nacional ou que comprometam atividades de investigação policial, terão acesso restrito. É o caso também de processos que correm em segredo de justiça e de informações pessoais dos agentes públicos ou privados. Nesses casos, o órgão é obrigado a justificar o motivo para não fornecer os dados.

Se a informação solicitada for negada, o munícipe poderá entrar com recurso, no prazo de dez dias contado da ciência da decisão, à autoridade hierárquica superior. Se o recurso for negado, caberá recurso de revisão endereçado à Comissão Municipal de Acesso à Informação, que será constituída por titulares das Secretarias de Governo, Negócios Jurídicos, Comunicação, Segurança Urbana, Finanças, Planejamento, Orçamento e Gestão, Ouvidoria Geral do Município e da Procuradoria Geral do Município.

Todos os órgãos e entidades municipais terão prazo de 90 dias para se adequar aos procedimentos deste decreto. A Corregedoria Geral do Município ficará responsável por assegurar o cumprimento das normas relativas ao acesso, avaliar e monitorar a implantação dos dispositivos deste decreto. A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sempla) vai cuidar da capacitação das equipes dos SICs dos órgãos e entidades municipais.

E-SIC – Serviço de Informação ao Cidadão

Além do Fale Conosco, Portal da Transparência, do atendimento presencial e do SAC (156), a Prefeitura de São Paulo já implantou esta nova ferramenta de comunicação com os cidadãos e a imprensa. Trata-se do E-SIC, um novo dispositivo que vai centralizar os pedidos e respostas relacionados à Lei de Acesso a Informação.

Ou seja, a partir de agora para solicitar dados específicos, que não serviços públicos, o interessado deverá fazer por meio do E-SIC. A medida tem como objetivo organizar os pedidos de informação, dar celeridade ao processo e garantir o envio das requisições para os órgãos corretos.

O E-SIC possui uma página dentro do Portal da Transparência e pode ser visualizado no seguinte endereço http://transparencia.prefeitura.sp.gov.br/acesso-a-informacao/Paginas/SIC.aspx. No primeiro acesso será preciso preencher um formulário com dados pessoais e criar uma conta com login e senha. Após o cadastro será possível registrar pedidos de informação à Prefeitura, consultar a lista de solicitações anteriores, assim como checar a situação de cada demanda. A cada novo procedimento será gerado um protocolo para consultas on-line posteriores.

Print Friendly
1 2 3 6