Eleições Americanas 2016

 editor

Nada muda na Casa Branca

Nada muda na Casa Branca

A ficha demorou a cair para os brasileiros.

As relações entre os Estados Unidos e o Arraial de Dilma não alteram com a mudança de poder ao Norte do Equador.

Não importa se o presidente é Bill Clinton, George Bush, Barack Obama ou Hillary Clinton.

Grupos econômicos escrevem as regras do jogo na Casa Branca.

Print Friendly
 editor

Técnicos agilizam estudos para finalizar detalhes sobre incorporação da Venezuela ao Mercosul

Técnicos agilizam estudos para finalizar detalhes sobre incorporação da Venezuela ao Mercosul

Brasília – Os negociadores do Brasil, da Argentina, do Uruguai e da Venezuela intensificam as articulações para que em dezembro todas as questões técnicas referentes à incorporação dos venezuelanos ao Mercosul estejam resolvidas. No próximo dia 13, a Venezuela será incluída juridicamente no bloco. A ideia é fazer uma cerimônia, em dezembro, em Brasília, para selar o processo de adesão da Venezuela.

Um grupo de trabalho já está se empenhando em busca de soluções para questões específicas. O objetivo é que a Venezuela consiga adotar a nomenclatura do bloco até o fim do ano. A nomenclatura é a adequação dos produtos comercializados aos códigos adotados no bloco.

Pelo planejamento inicial, a prioridade é incluir na lista de produtos comercializados entre a Venezuela e os demais integrantes do bloco as mercadorias cujas taxas estão próximas às cobradas no Mercosul – que variam de 10% a 12,5%. Na Venezuela, a média cobrada chega a 12%. A ideia é incorporar os produtos venezuelanos com tolerância de variação de 2%.

O livre comércio na região, denominado liberalização, deve ser adotado após a conclusão do processo de regularização da nomenclatura. A previsão é que ocorra a partir de janeiro de 2013. Mas pelo Protocolo de Adesão da Venezuela ao Mercosul o prazo final alcançará quatro anos. O esforço será para antecipar esse prazo.

Fundado em 1991, o Mercosul serviu para aumentar o intercâmbio comercial da região. Em 1990, o intercâmbio entre os membros do bloco estava em US$ 4,1 bilhões. Já em 2011 o fluxo cambial atingiu US$ 104,9 bilhões.

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, informa que o desafio é superar as diferenças regionais por meio do Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul (Focem), que investe US$ 100 milhões anuais em projetos que visam a aumentar a competitividade e a coesão social do bloco.

Com o ingresso da Venezuela, o Mercosul contará com uma população de 270 milhões de habitantes (70% da população da América do Sul), registrando um Produto Interno Bruto (PIB) a preços correntes de US$ 3,3 trilhões (o equivalente a 83,2% do PIB sul-americano) e um território de 12,7 milhões de quilômetros quadrados (72% da área da América do Sul).

Edição: Talita Cavalcante

Print Friendly
 editor

Campanha presidencial americana

Campanha presidencial americana

Print Friendly
 editor

Dilma anuncia redução da tropa brasileira no Haiti

Dilma anuncia redução da tropa brasileira no Haiti

  Luana Lourenço Repórter da Agência Brasil Brasília – Em visita ao Haiti, a presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (1) a redução do contingente de militares brasileiros no país de 2,2 mil para 1,9 mil homens. O Brasil comanda a Missão da Organização das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti, conhecida como Minustah, criada […]

Print Friendly
 editor

Presidenta brasileira deve receber terrorista em Brasília

Presidenta brasileira deve receber terrorista em Brasília

By Freddy de Freitas O terrorista palestino Tawfic Abdallah, marido da brasileira Lamia Maruf, um dos mil prisioneiros palestinos que foram  libertados em troca do sargento israelense Gilad Shalit, deverá ser recebido pela presidenta Dilma Rousseff. A ala terrorista do Partidos dos Trabalhadores (PT) vem pressionando Dilma a condecorar o palestino durante a audiência. O Brasil apoia oficialmente grupos terroristas […]

Print Friendly
 editor

Liberdade de Expressão nos Estados Unidos

 diariopaulista

Yada yada yada: Obama está firme que nem prego em polenta

Yada yada yada: Obama está firme que nem prego em polenta

O presidente americano vem caindo nas pesquisas de opinião pública.   Yada yada yada…   Além do alto índice de desemprego, Barack Obama vem colhendo os frutos do seu trabalho contra Israel. O presidente americano não tem nenhuma simpatia pelo povo judeu – muito pelo contrário. É o único ponto em comum que a presidenta […]

Print Friendly
 diariopaulista

Sarah Palin já foi âncora de televisão

Sarah Palin já foi âncora de televisão Sarah Palin — na época  Sarah Heath —  foi âncora de esportes em  1988 na KTUU-TV  de  Anchorage, no estado de Alaska.

Print Friendly
 diariopaulista

47 milhões de americanos vivem na miséria

47 milhões de americanos vivem na miséria

O governo Americano acabou de divulgar os numerous de pobreza. Cerca de 15% dos cidadãos estão  vivendo na miséria. Segundo o economista Dan Mitchell (foto), do Instituto Cato, a sociedade começou a perder a guerra contra a pobreza quando o governo criou programas de cunho social. Segundo ele, “esses programas mantêm os pobres dependentes  de […]

Print Friendly
 diariopaulista

Devemos atirar em trabalhadores ilegais

O deputado federal republicano Mo Brooks  (Alabama) disse que tomará todas as medidas necessárias, se for o caso, dará tiros em imigrantes ilegais. “Os ilegais estão roubando empregos de cidadãos americanos”, destacou. O sentimento contra estrangeiro virou uma epidemia nacional. Curry Toddy,deputado estadual de Tennessee, comparou imigrantes a ratos,enquanto Virgil Peck, deputado estadual de Kansas, […]

Print Friendly